segunda-feira, 09 dezembro 2019 13:46

Abertura de supermercados este ano supera 2018

Este ano, foram inaugurados 154 novos espaços comerciais de retalho alimentar, em Portugal, mais 26 que em 2018, segundo dados do Ministério da Economia, revelados, hoje, pelo Jornal de Notícias.

 

Nos últimos dois anos, a aposta em lojas de proximidade tem-se mostrado cada vez mais sólida, no País, apoiada na abertura de 282 supermercados.

O grupo Sonae foi o que mais investiu na sua expansão, totalizando 87 supermercados, seguindo-se o grupo Dia, que aumentou em 76 o número de espaços, em dois anos.

A insígnia alemã Lidl apostou em mais 29 supermercados, enquanto a Auchan e a Jerónimo Martins registaram ambas 24 aberturas.

O Aldi contabilizou 14 espaços, seguido do Intermarché 11 aberturas e o Mercadona, que chegou, este ano, a Portugal, e soma nove lojas. No conceito de alimentação saudável, verifica-se a inauguração de três lojas Celeiro.

O diretor-geral da APED, Gonçalo Lobo Xavier, relembra, em declarações ao Jornal de Notícias, que, apesar dos números revelados, “comparativamente com outros países da União Europeia, o rácio de lojas por habitante em Portugal é inferior à média”, o que alavanca as estratégias de expansão dos retalhistas.

Na sua visão, o mercado está “muito robusto” e, olhando para 2020, diz que “tudo indica que vai haver renovações e novas aberturas”.

Segundo informações do Ministério da Economia, reveladas pelo mesmo órgão de comunicação social, “durante o ano de 2018 e em 2019 (até à data), decorreram 3174 procedimentos de instalação/modificação de estabelecimentos comerciais do ramo alimentar”, entre hipermercados, supermercados e lojas especializadas – como peixarias ou talhos –, “dos quais 1584 em 2018 e 1592 em 2019”. Incluem-se, aqui, não apenas novas aberturas, mas também obras de ampliação ou mudanças de atividade.

Fonte: Jornal de Notícias

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária