quinta-feira, 28 maio 2020 15:19

Kantar prevê reforço da produção local pós-Covid19

O aparecimento de uma nova vaga de compradores digitais, o aumento da consciência sobre o valor dos produtos ou dos serviços e o reforço da importância da produção local são três das tendências de consumo que estão a emergir com a pandemia. Esta é a conclusão da mais recente edição do Barómetro Global Covid-19 da Kantar, realizado em 30 países, incluindo Portugal, através da parceria Marktest-Kantar Insights Division.

Segundo a última vaga do estudo, estas três mudanças comportamentais têm forte probabilidade de se revelarem duradouras num mundo pós-pandemia, obrigando a que os produtos e as marcas se adaptem a esta nova realidade. “Os períodos de interrupção aceleram as mudanças”, levando “entre um e dois meses para que novos hábitos se tornem ‘regulares’”, diz a diretora de Inovação da Kantar, Rosie Hawkins. “Acreditamos que estas três tendências se tornarão importantes à medida que as maiores marcas do mundo planeiam os seus caminhos de volta a um crescimento saudável no período pós-pandemia", acrescenta.

"O comércio eletrónico e, principalmente, assegurar uma ótima experiência do cliente, precisam de se tornar um pilar para todas as marcas. Os operadores bem-sucedidos precisarão estar atentos aos concorrentes D2C emergentes e que foram mais ágeis e criativos durante o período de confinamento. Novas estratégias de agregação de valor precisarão ser desenvolvidas para responder à ansiedade económica que permanecerá por algum tempo. Os que se dedicam à estratégia de marca precisam de avaliar cuidadosamente as suas práticas de aquisição e de explorar as oportunidades criadas por um maior foco na origem dos produtos e matérias-primas", conclui.

 

Fonte: M Public Relations

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária