Entrevistas

26-11-2020

A Mango cumpre este ano o 20.º aniversário no ecommerce com a ambição de atingir um número redondo na faturação online em 2021: 1.000 milhões de euros. Para lá chegar, a diretora de Online e Cliente admite o impulso dado pela Covid-19, que acelerou o crescimento dos 25% para os 40%. Portugal – diz Elena Carasso – é um dos países com melhor desempenho no canal e mesmo aquele onde o programa de fidelização da marca – lançado este ano em terras lusas – teve os melhores resultados.

12-10-2020

Portugal está no bom caminho no que toca aos dois grandes desafios que a economia enfrenta: a digitalização e a evolução para um modelo de produção circular. É esta a visão do secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, que entende que, em ambos, o retalho tem tido um papel liderante. Tal como foi decisivo para que a cadeia de abastecimento alimentar funcionasse durante o período de confinamento, permitindo aos portugueses ter acesso aos bens essenciais. Não obstante essa análise positiva, não esconde o impacto que a pandemia está a ter a nível económico e social, apontando para uma contração do PIB em 2020 superior à de todos os anos da troika.

06-07-2020

A recuperação da economia portuguesa só ocorrerá quando o consumo voltar a crescer. É esta a leitura que o associate partner da Deloitte, Pedro Miguel Silva, faz do impacto da pandemia de Covid-19. Sobre o retalho, entende que o alimentar e o não alimentar enfrentam desafios distintos nesse caminho.

27-05-2020

O centro comercial Nova Arcada foi adquirido à Caixa Geral de Depósitos, pela empresa de imobiliário internacional MDSR Investments. A gestão continua a cargo da Sonae Sierra, que assumiu a sua remodelação e comercialização, em 2012, “num ano ainda de crise e num ambiente concorrencial agressivo”. A diretora de Gestão de Ativos da Sonae Sierra para Portugal e Espanha, Cristina Santos, explica por que é considerado um caso de estudo de revitalização e reposicionamento.

26-12-2019

Fazer valer os direitos dos consumidores sem colocar em causa os da empresa. É esta a missão do CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo, cujo presidente, Fernando Viana, gostaria de ver mais empresas com estatuto de adesão plena e, entre elas, as do setor da distribuição, até porque são a segunda fonte de reclamações. No sentido de alterar este cenário, trabalha em parceria com a APED.

09-12-2019

“As medidas protecionistas contra retalhistas e produtos estrangeiros estão a restringir o crescimento e a prejudicar os consumidores”. A convicção do Diretor-Geral do EuroCommerce, Christian Verschueren, indicia a defesa de que a Europa precisa de enfrentar a ameaça do protecionismo e da legislação discriminatória de forma robusta. Advoga também uma revisão urgente dos obstáculos ao mercado único, que, entende, custam aos consumidores e às empresas 615 mil milhões de euros ao ano e põem em perigo a recuperação económica da Europa.

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária